melhorar reputacao online marca

4 passos para melhorar a reputação da sua marca online

Muitas empresas, especialmente as menores startups, têm investido em cursos e treinamentos que visam complementar a formação formal que seus funcionários e gestores adquiriram durante os anos de faculdade.

Isso porque, como o desenvolvimento tecnológico tem viabilizado o acesso à internet a um público cada vez mais abrangente, o comportamento e a forma com que essas pessoas interagem com as marcas e com os produtos também tem sofrido alterações importantes.

Assim, as empresas precisam manter-se atentas a todas essas alterações do mercado, garantindo que seus funcionários estejam familiarizados com as novas técnicas disponíveis para o aperfeiçoamento da reputação da sua marca online.

Importância de construir uma reputação online para a sua marca

A construção da reputação de uma marca é fundamental para o desenvolvimento do negócio e para a conquista de resultados mais positivos a médio ou longo prazo.

E isso acontece, principalmente, devido a forma com que o uso das redes sociais e das ferramentas disponibilizada tem alterado a jornada de compra dos consumidores e influenciado diversas outras pessoas no processo de decisão sobre um produto.

De acordo com dados divulgados pela Nielsen, atualmente, cerca de 43% dos compradores se sentem mais confortáveis com a aquisição de um serviço quando este é descoberto por meio das redes sociais. 

Enquanto isso, aproximadamente 68% indicam que confiam plenamente nas avaliações e recomendações online.

Por outro lado, as críticas negativas relacionadas a mercadoria, ao atendimento ou a empresa em si, podem gerar uma receita 33% inferior às demais empresas do mesmo setor. 

Segundo a revista Forbes, essas experiências ruins são capazes de fazer com que aproximadamente 94% do público evite realizar compras com a sua empresa.

Por isso, a criação de técnicas relacionadas à melhoria da percepção dos consumidores sobre a marca, tem se tornado tão relevante quanto a divulgação dos produtos e serviços.

Assim, o investimento em funcionários capacitados – formados em gestão de recursos humanos ead –, pode auxiliar na criação de valores e na formação de uma cultura organizacional que visa um atendimento mais humanizado.

Como melhorar a reputação da sua marca online?

O aperfeiçoamento da reputação de uma instituição não é necessário apenas diante de algum tipo de comentário insatisfatório ou crise publicitária. 

A construção de uma imagem positiva pode fazer com que a empresa consiga clientes fidelizados, que atraiam novos consumidores.

Isso possibilita o aumento das vendas e ainda permite o crescimento do Ticket Médio – valor médio por pedido – da empresa. Mas para que isso seja possível, as corporações precisam passar por uma atualização constante e uma contínua reconstrução da marca.

Deste modo, é fundamental a criação de slogans atrativos, de uma personalidade organizacional, um posicionamento bem definido e um branding de sucesso. Tudo isso pode ser viabilizado por meio do:

  1. Invista no Marketing digital

A gestão de marketing e branding deve encontrar formas e estratégias de consolidar uma presença online mais próxima do público consumidor. 

Assim, é preciso aumentar a exposição da marca, ao mesmo tempo em que se explora formas de atrair clientes e despertar o interesse na criação de um relacionamento com a empresa.

Isso pode ser feito por meio da produção de conteúdos digitais de qualidade acerca da sua área de atuação, com o auxílio de propagandas pagas ou até com o trabalho em conjunto com influencers.

A criação dessa imagem organizacional também pode ser feita através de:

  • Blogs institucionais;
  • Sites profissionais;
  • Produção de podcasts;
  • Uso das redes sociais;
  • Produção de e-books e cursos.
  1. Desenvolva planejamentos de Marketing de relacionamento

Tão importante quanto a divulgação da marca e o alcance de um público mais diverso, está o desenvolvimento de um Marketing de Relacionamento efetivo. 

Aqui, os setores responsáveis pela gestão de marketing e comunicação precisam se atentar com a construção de um contato mais profundo e pessoal com quem já é cliente.

Isso vai exigir uma adaptação de diversas áreas da empresa, pois a criação de uma experiência de compra mais positiva se inicia desde o primeiro contato que aquele público tem com a organização. 

Isso envolve o treinamento e o trabalho interseccional entre o:

  • Atendimento;
  • Marketing;
  •  Vendas;
  • Recursos Humanos;
  • Design de produto;
  • Estoque;
  • Transportadoras.

Mas, além disso, é fundamental a construção de setores que incentivem o relacionamento pós-venda, feedbacks positivos, a produção de um e-mail marketing qualificado e a formação de uma política de benefícios que seja convidativa a novas compras.

  1. Seja uma autoridade no seu ramo de atuação

Apenas realizar as ações de marketing pode não ser o suficiente, caso essa execução não seja feita com qualidade. Afinal, o objetivo principal dessas atividades é consolidar a sua marca como uma figura de autoridade no ramo de atuação da empresa.

Isso faz com que os clientes – e o mercado – confiem mais no serviço prestado e nos níveis de conhecimento que a instituição tem acerca do produto e do meio. Fazendo com que o seu negócio tenha uma vantagem competitiva importante em relação à concorrência.

Por exemplo, a comercialização de um curso de gestão financeira ead. Atualmente existem inúmeros sites, instituições de ensino formais e informais ou profissionais atuantes na área, que disponibilizam esse tipo de conteúdo online. 

Então o que vai fazer um aluno investir no seu curso?

Como muitas empresas já trabalham com as ações tradicionais de marketing e com as estratégias publicitárias mais modernas, a grande diferenciação estará no preço e na qualificação dos profissionais e da instituição que disponibiliza essas aulas.

Assim, ao construir essa noção de autoridade no setor monetário, a venda de cursos ead gestão financeira se torna mais fácil e vantajosa em comparação com as demais opções.

4 passos para tornar essas mudanças possíveis

Ainda que muitos empresários compreendam a importância da consolidação de uma marca online e quais são as principais ferramentas para fazê-lo, a introdução dessas ações no dia a dia da organização pode parecer uma tarefa bastante desafiadora.

Por isso, separamos 4 passos que podem ajudar a aproximar o seu negócio dos consumidores e garantir a construção de uma empresa mais estável, rentável e com uma reputação mais satisfatória.

  1. Incentive a crítica positiva

Uma pesquisa realizada pelo Comitê Gestor da Internet do Brasil indicou que, em 2020, cerca de 81% da população brasileira com mais de 10 anos, já tinha acesso às plataformas digitais por meio de celulares ou computadores.

Isso faz com que existam aproximadamente 35 milhões de contas ativas nas redes sociais, em todo o território nacional. E, como dito anteriormente, essas pessoas tendem a utilizar esses sites e ferramentas como meio de descobrir novas marcas e produtos.

Assim, investir no incentivo de reviews e comentários positivos, de clientes satisfeitos, é uma das melhores formas de promover a construção de uma opinião pública mais positiva e vantajosa.

  1. Monitore os comentários e responda a reclamações

Quanto maior o número de clientes e a popularidade da empresa, mais difícil pode ser acompanhar todo o engajamento que essa organização tem nas redes sociais, como o Facebook, Twitter ou Instagram. 

No entanto, essa ação é crucial para a manutenção e o controle de crises.

Mas, mais do que apenas acompanhar essas interações, é preciso estar diretamente envolvido tanto com as mensagens positivas, quanto com os feedbacks negativos. 

Isso porque, a sua resposta além de ajudar na resolução de problemas – o que tende a reduzir o impacto desses comentários –, também demonstra um interesse e preocupação com os consumidores.

Assim, a rapidez com que se resolvem as críticas quanto a qualidade do produto, as falhas no funcionamento das plataformas de cursos online – como a administração hospitalar ead –, é determinante para os impactos que serão atribuídos à reputação da instituição.

  1. Atente-se às novidades do setor e às necessidades dos clientes

A mudança dos assuntos mais falados e, consequentemente, das principais necessidades dos clientes e do mercado acontece em uma velocidade enorme nos ambientes digitais. 

Por isso, é muito importante que a sua empresa esteja familiarizada com plataformas como o Google Trends.

Essas ferramentas auxiliam na identificação dos assuntos que estão mais populares no seu setor de atuação, permitindo a criação de conteúdos mais direcionados às necessidades do público consumidor. 

Isso melhora a relevância da empresa e ajuda na atração de novos leads.

  1. Aprimore a cultura institucional

Todas essas ações exigem um investimento importante de tempo, dinheiro e o treinamento adequado de pessoal. 

Desta forma, a gestão de pessoas em startups deve ser um setor intimamente correlacionado com as atividades do marketing, do setor de vendas e de todas as outras áreas que lidam com o cliente.

Afinal, para que essas atividades sejam bem executadas é preciso da criação de uma cultura institucional que priorize um atendimento humanizado e caloroso, que agrade o público e promova a construção de uma imagem mais consistente e positiva para a marca.

Assim, esses profissionais precisam utilizar os conhecimentos adquiridos na faculdade de gestão de pessoas o que faz e relacioná-los com os processos operacionais. 

De forma que sejam criadas estratégias que propiciam essa melhoria da percepção externa sobre os valores e objetivos organizacionais.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog It Business Fórum, site voltado para a veiculação de conteúdos relevantes sobre negócios, startups e estratégias para pequenas, médias e grandes empresas.  

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

COPYRIGHT © 2022 CONSULTOR SEO →【DAVID DIAS】ASSESSOR SEO ® | CREDITS 

Rolar para cima